sexta-feira, 1 de abril de 2011

Noel Rosa e o Diário Econômico.

No perrengue da situação, posso dizer que comprei um quintal apenas pra mim, e sob chuva e sol, vou decorando com chame essa birosca! Devendo ao Banco e saldando as amizades, ônus e bônus da Vida Como Ela É! Tem dias que acordo cedo pra a realidade geográfica da poesia, outros, madrugam adentro desses assuntos chatos sobre bolsa de valores e desvalorização da moeda. De manhã cedinho, tomo o café com Noel, brindando as Rosas!

2 comentários:

  1. E eu tomo café com Dionísio, e com Thanatos, e com Maya...

    ResponderExcluir
  2. E começar o dia com esse café, o dia já se sabe lindo!!!

    ResponderExcluir