quarta-feira, 6 de novembro de 2013

“Ao persistirem os sintomas, o médico deverá ser consultado!”


Eu acredito em propaganda de Shampoo, acredito em prosas atidas, em conselho sego... Só não acredito em você! Eu sofro de uma doença crônica chamada Esperança. E por essas patologias emergenciais, eu vivo com cuidado! Reparo sempre no céu, peço “por favor” e rezo antes de dormir! Sigo a regra o que o médico receitou, “Desacreditar na tristeza três vezes ao dia!”

Um comentário:

  1. À altura em que o encantamento de ter lido transmuda-se num sorriso, perguntamo-nos: que bom médico será este que tão eficaz tratamento tirou de seu receituário? Dr. Coração? Dra. Vida? Dra. Alma? Dr. Amor-Próprio? Porque dessa doença, crônica, incurável, progressiva, chamada Esperança, é certo que alguns de nós haveremos de morrer. E o remédio com que, sem o saber, a agravamos, jamais deixaremos de tomar.
    Encantado. Muito inspirativo! Beijosss

    ResponderExcluir