quarta-feira, 20 de fevereiro de 2013

Pulo


Pulo o azar, o mal olhado, a indelicadeza e até as tristezas sem razão! 

2 comentários:

  1. E de pulo em pulo é que se vive. Adoro o que escreve!

    ResponderExcluir
  2. Venho deixar um abraço imenso e retribuir o carinho, seja por tantos anos, ou por alguns dias. Mas principalmente, pela troca e bonitezas que surgem e dos amigos que conquistamos e que no fundo, no fundo, não são tão virtuais assim...

    Tem um presente pra você aqui: http://ancoradanoriso.blogspot.com.br/2013/03/vasto-coracao.html

    Espero que se sinta num abraço e que goste.
    Deixo o meu carinho.
    Beijo na alma,
    Sam.

    ResponderExcluir