sábado, 25 de julho de 2009

Ilusão de Ótica

Eu entendo você que não me entende
Eu não prendo você
Não se surpreenda
Quando eu digo sim
Quando eu digo não
Quando eu digo "talvez"
Você não entende


É natural


Naturalmente
Às vezes digo sim
Às vezes digo não
...
Eu surpreendo você
Que não me prende
"Tire as mãos de mim!"
"Me dê a sua mão!"
Cada um tem o seu ponto de vista
Encare a ilusão da sua ótica
Os olhos dizem sim
O olhar diz não
...



Sou cego
Não nego
Enxergo quando puder
Só vejo
Obscuro objeto
Desejo indireto
Será que você me entende?
(Engenheiros do H.)

Nenhum comentário:

Postar um comentário